Programa

(em actualização)

Sábado, 28 Dezembro

BALL-Dados: workshops de dança
14H30: ESPAÇO: A FRONTEIRA FINAL | Rafael Prieto & Nele De Beck *
15H00: EUROPEIAS | Leónia Oliveira
16H30: ISRAELITAS | Hilde Van Hemelricjk
BALL-Toques: workshops de música
15H30: MÚSICA ENSEMBLE | Marie Constant & Camile Passeri

BALL-Trad: concertos/bailes tradicionais
18H30: 2² (baile acústico)
22H00: A BATALHA DO MODESTO CAMELO AMARELO
24H00: DANCING STRINGS


Domingo, 29 Dezembro

BALL-Dados: workshops de dança
14H30: SCOTTISH & MAZURKA: VARIAÇÕES RITIMICAS | Matias *
15H00: IRLANDESAS | Patricia Vieira
16H30: DANÇAS DO MEDITERRÂNEO | Hilde Van Hemelricjk
BALL-Toques: workshops de música
15H30: MÚSICA ENSEMBLE | Denys Stetsenko & Eva Parmenter

BALL-Trad: concertos/bailes tradicionais
18H30: 2² (baile acústico)
22H00: DUO LOUBELYA
24H00: MAGMELL

Segunda, 30 Dezembro

BALL-Dados: workshops de dança
15H00: CONDUZIR E SEGUIR | Rafael Prieto & Nele De Beck *
16H00: PORTUGUESAS | Diana Azevedo
BALL-Toques: workshops de música
15H30: PERCUSSÃO | Baltazar Molina

BALL-Trad: concertos/bailes tradicionais
22H00: REPORTÓRIO OSÓRIO
23H00: CARAVANA

Terça, 31 Dezembro

BALL-Dados: workshops de dança
15H00: CONEXÃO E ESCUTA NO BAILE | Catarina Ascensão *
16H00: DANÇAS DOS BALCÃS | Diana Azevedo
BALL-Toques: workshops de música
15H30 às 17H30: MÚSICA ENSEMBLE | Abel Andrade & João Valente

BALL-Trad: concertos/bailes tradicionais
22H00: DUNYA
24H00: DUO LOUBELYA
02H00: PARAPENTE700

www.dorfeu.pt/reportorioosorio

“Reportório Osório” é uma colecção de canções, aliando a escrita sagaz de Luís Fernandes à magistral música de Luís Cardoso. Um desfiar de histórias pessoais no masculino, quase sempre íntimas, do dilema ao dilúvio em poucas estrofes. O quotidiano das relações afectivas transformado em canções irónicas (para não lhes chamar heróicas), em que a teatralidade da interpretação só reforça o perfil de cada personagem. O resto são... canções, as mais belas canções de umor.

 

http://www.facebook.com/MagMellfolk

Todos estes com uma sonoridade bastante MagMell.Durante o espectáculo encontram-se destacadas as Jigs, Reels, Polkas, slip-jigs, slow air, hornpipes, highlands e medievais tais como Branle, Tourdion, Rotta e também para animar e criar um certo misticismo no baile as Valsas, Círculos, Polska, Chapeloises, An Dro, Repasseado e Mazurkas.
As raízes do projecto passam principalmente pela música Irlandesa, Sueca, Galega, Celta, música da Península Ibérica, Medieval Europeia, entre outras... O repertório do projecto contem temas de recolha tradicionais e alguns originais criados que remontam ao ambiente magico com uma sonoridade bastante animada e propicia à dança.
4 Músicos de Portugal fazem uma viagem no tempo às terras nórdicas, essa viagem é representada musicalmente por um Violino, Bandolim, Guitarras antigas, por vezes flautas e segue-se ao ritmo de um Tar, um Bodhran ou um Adufe.

http://palcoprincipal.sapo.pt/dunya

Este projecto prevê a possibilidade de dois tipos de espectáculo, Baile Folk e Concerto. No formato Baile Folk, Dunya convida o público a dançar coreografias tradicionais europeias, tornando o espectáculo numa partilha constante entre palco e público. Este conceito de Baile Folk existe actualmente por toda a Europa e surgiu como um reencontro entre o passado popular e a tradição contemporânea. Com danças e músicas de vários países europeus, Dunya pretende divulgar e inovar este conceito, com ênfase sobre a música e as danças portuguesas, promovendo a nossa cultura tanto no estrangeiro como a nível nacional. No formato concerto, Dunya aposta na música original e na cenografia, através de VJs e músicos convidados, criando sonoridades e ambientes que pretendem envolver o público numa viagem musical única.


DUNYA é um duo que funde influências tradicionais e ambientes electrónicos criando, através de originais, uma linguagem universal sob a influência da Música do Mundo. Num mundo temporal – Dunya - um violino e um piano, uma voz e um sintetizador, um adufe e um sussurro, unem-se para dar corpo a este projecto com fronteiras etéreas.  Diana Azevedo e Miguel Moreira convidam-vos a participar nesta viagem musical, proporcionando a quem sinta, momentos de dança e de partilha.

Uma Caravana cheia de energia que, para nos trazer as mais deliciosas melodias impregnadas de sensações fortes, não vacila perante as mais escaldantes areias dançantes, nem se assusta com a mais densa selva musical. À Caravana daremos as boas vindas no Festival da Passagem de ano.

http://www.facebook.com/caravanatrad

Os Caravana são:
Eva Parmenter - Concertina
Ricardo Brito - Guitarra Clássica, Guitarra Eléctrica, Gaita-de-Fole Transmontana
Miguel Gelpi - Contrabaixo
Baltazar Molina - Percussões

.. do modesto camelo amarelo

Facebook: http://www.facebook.com/pages/A-Batalha-do-Modesto-Camelo-Amarelo

Musica Folk embebida nas várias culturas do mundo...

Facebook http://www.facebook.com/Parapente700

Entre danças de grupo e de par, convida-se toda a gente a dançar.Entenda-se que aqui transformam-se musicas tradicionais de outrora e compõem-se outras, fundindo as inspirações actuais com os traços do passado. Viaja-se pela Europa fora, reunindo danças italianas, francesas, suecas, portuguesas e outras que tais. Entre mazurkas de água, polskas de ar, círculos de terra e scottishes de fogo renova-se, interpreta-se e cria-se. Quando a música traz as danças daqui e de acolá, abraçadas pelo encontro entre um violino e uma concertina. 
"Parapente700 é uma ideia ilimitada de liberdade: uma imagem de Baile Universal, onde cada corpo, de uma ponta até à outra, não é mais do que a livre expressão do pensamento." Mário Rainha.
Por sua vez a musicalidade da Eva Parmenter é estimulada desde o berço pelo seu pai, para o trabalho de ritmos e voz. Aos 8 anos conheçe o festival Andanças, que passa a ser a sua segunda casa e aí vai beber várias inspirações tanto musicais como de dança, que marcarão todo o seu percurso até aos dias de hoje. A sua aprendizagem musical passa pelo piano, cravo, flautas de bisel e flauta transversal. Começa a tocar concertina em 2007 como autodidacta, tendo participado em múltiplos workshops com mestres como Norbert Pignol e Stephane Milleret, Kepa Junkera, Simone Botasso, entre outros. Actualmente é finalista da licenciatura de Dança da FMH, lecciona concertina e danças tradicionais europeias. Além do duo com Denys Stetsenko toca com Caravana e Duo Decker-Parmenter com os quais tem participado em inúmeros festivais de música e dança do mundo, dentro e fora do país.
Denys Stetsenko, natural da Ucrânia, segue a aprendizagem de musica clássica desde pequeno e a partir do ano 2003 inicia-se na música tradicional e improvisada entrando no grupo Monte Lunai e Dancing Strings e participando em diversos festivais europeus de música e dança do mundo. Licenciado em Violino pela Escola Superior de Música de Lisboa, frequenta o Curso de Mestrado em Música Antiga – Violino Barroco na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo (ESMAE) do Porto, sob a orientação de professora Amandine Beyer. É membro fundador do Quarteto Arabesco e do Duo Stetsenko. Lecciona Violino e Música de Câmara na Academia de Música de Santa Cecília. É professor na ESMAE do Porto, assistente de Amandine Beyer.
Grupo que nasce do improviso musical, de encontros espontâneos num microclima de chão dançante. Os dois músicos fundem experiências de universos distintos. Ambos crescem no seio de famílias ligadas à música e outras artes.

Partilha!

Gosta!

Uma organização: tradballs.pt Apoios: rodobalho.com | Centro Norton de Matos

Palavras-chave: passagem de ano, passagem do ano, passagem ano, 2013 2014, coimbra, fim de ano, fim ano, Centro Norton de Matos, baile, reveillon

Outros sites: www.villa-in-portugal.com